Ainda aqui estou

A empresa de alojamento deste domínio enviou-me hoje um email a perguntar se o queria renovar. Claro que renovei, não consigo deitar coisas fora. Mesmo quando já não as uso há mais de ano e meio.

Passei o fim de semana em sérias arrumações aqui no atelier, que mais parecia uma daquelas casas de hoarders, dos que aparecem no TLC. Foi justamente a ver um desses episódios que percebi que tinha de fazer qualquer coisa com urgência, antes que os meus amigos e familiares precisassem de fazer uma intervenção.

Deitei fora infinita papelada, organizei quilos de tralha, remexi em caixas há séculos esquecidas. Incapaz de deitar fora coisas perfeitamente boas, anoto mentalmente onde ficaram de novo arrumadas e prometo-me que as vou voltar a usar. O uso justifica o espaço que ocupam. O uso desculpa-me a acumulação.

Hoje renovei este domínio, e cá estou eu a dar-lhe uso para que não seja em vão. Tenciono dar-lhe uma volta ao design, e soltar as palavras, ganhar ritmo, escrever, escrever, escrever. Que bem me faz escrever.

Ah, segundas-feiras! Tão bonitas e cheias de intenções!

Leave a Reply