Dixit

20110410-032634.jpg

Há muitos anos atrás, noitadas com jogos de tabuleiro eram frequentes no meu grupo de amigos. Trivial Pursuit, Pictionary, Scrabble e, mais recentemente, Descobridores de Catan tinham sido os jogos mais populares mas, nos últimos tempos, as jogatanas tinham ficado fora de moda.

Este Verão tive um contacto mais profissional com o mundo dos jogos de tabuleiro, quando elaborei com o Nuno Markl um jogo da glória versão Caderneta de Cromos, mas por inacreditável que pareça, ainda nem tive oportunidade de o jogar.

No entanto, ofereceram ao meu irmão um jogo que inevitavelmente nos vai voltar a viciar em jogos de tabuleiro: o Dixit. Apaixonei-me.

O jogo consiste numa colecção de belíssimas ilustrações, todas um pouco surreais e intrigantes, que nos inspiram mil significados. O objectivo do jogo é descrever cada imagem, sem ser tão óbvio que todos acertem, nem tão críptico que todos falhem. Joga com a nossa imaginação, põe à prova o conhecimento que temos do universo dos nossos adversários e é susceptível de provocar contagiosos ataques de riso. Acima de tudo, é de uma simplicidade deliciosa.

Noites de jogos, bem vindas de volta, já tinha saudades!

Leave a Reply